Tamanho do texto:
Atualizado em: Terça-feira, 23 2018 outubro
Questões de desenvolvimento

Agência de migração da ONU lança resposta regional ao êxodo dos venezuelanos

Como o êxodo aumentou consideravelmente nos últimos dois anos, estima-se que 1.6 milhões de venezuelanos estavam no exterior em 2017, acima do 700,000 em 2015, com 1.3 milhões nas Américas, de acordo com o Organização Internacional para as Migrações (IOM).

“O plano é adaptado para contextos nacionais específicos em todos os países da 17, incluindo oito países da América do Sul, seis países do Caribe, dois países da América Central e o México” explicado Marcelo Pisani, Diretor Regional da OIM para América Central, América do Norte e Caribe.

O êxodo não está diminuindo. Por exemplo, estima-se que mais de 800 venezuelanos estão entrando no Brasil a cada dia, elevando o total de chegadas para mais de 52,000 desde o início da 2017, de acordo com o governo anfitrião.

O plano regional da OIM busca fortalecer a resposta às necessidades e prioridades expressas pelos Governos envolvidos e concentra-se em atividades como coleta e disseminação de dados, capacitação e coordenação, apoio direto e integração socioeconômica.

Diego Beltrand, Diretor Regional da OIM para a América do Sul, incentiva os países anfitriões a considerar a adoção de medidas, como a regularização da permanência dos venezuelanos, e pediu à comunidade internacional para contribuir com o plano regional, que requer US $ 32.3 milhões para implementar.

Se conectar com US

Assine a nossa newsletter