Tamanho do texto:
Atualizado em: Quinta-feira, 15 2018 novembro
Questões de desenvolvimento

A violência liderada pelo Taleban durante as recentes pesquisas no Afeganistão deixa recorde de civis mortos - ONU

O relatório, intitulado 2018 Violência das Eleições, mostra que na 20 de outubro e nos dias seguintes, quando a votação atrasada ocorreu, a ONU registrou vítimas civis 435 - 56 morto e 379 ferido.

Quase nove vítimas do 10 aconteceram na própria 20 de outubro, tornando-se o dia das eleições com o maior número de civis mortos e feridos desde que a ONU começou a documentar sistematicamente as vítimas civis na 2009.

Pouco antes de os centros de votação abrirem naquele dia, o Taleban afirmou no Twitter que todos os locais das eleições no país estariam sob ataque, alertando os cidadãos para não se envolverem no processo eleitoral. Após a abertura dos centros de votação, a UNAMA começou a receber relatos de ataques direcionados a centros de votação, com a intensidade dos ataques aumentando ao longo do dia.

O relatório observa que, de acordo com a Comissão Eleitoral Independente, dos cerca de 8.8 milhões de afegãos registrados para votar, apenas 4.2 milhões votaram, mostrando que grandes números não estavam dispostos ou incapazes de fazê-lo.

"Aqueles que fizeram esforços para votar", diz o relatório, "fizeram isso desafiando uma campanha orquestrada de seqüestros, ameaças, intimidação e perseguição de eleitores e trabalhadores eleitorais levada a cabo pelos talibãs nas semanas e meses que antecederam as eleições. "

“Estes incidentes, tomados em conjunto com uma série de declarações públicas feitas pelo Taleban sobre as eleições, revelam uma campanha deliberada destinada a perturbar e minar o processo eleitoral e privar os cidadãos afegãos do seu direito de participar livremente no processo político sem medo. "

O relatório documenta os numerosos ataques de grupos armados não estatais, principalmente do Taleban, em áreas civis povoadas, incluindo ataques contra escolas, clínicas e mesquitas usadas como centros de votação. Estes ataques foram principalmente realizados usando foguetes, granadas e morteiros, bem como dispositivos explosivos improvisados. Tiroteio durante a luta no solo também ocorreu.

Mais de 100 crianças e mais 50 mulheres foram mortas ou feridas na violência.

No geral, este é o nível mais alto de danos civis relacionados às eleições em comparação com as quatro eleições anteriores realizadas no país, especialmente quando se considera as baixas contadas nos meses anteriores, desde o recenseamento eleitoral em abril e durante todo o período de campanha.

"As ações do Taleban forçaram muitos afegãos a escolher entre exercer seu direito de participar do processo político e arriscar sua própria segurança", disse a Unama, observando que a restrição injustificada do direito de alguém de participar em assuntos públicos é uma violação dos direitos humanos.

Se conectar com US

Assine a nossa newsletter